Comparador de cursos universitários

Ainda não adicionou cursos ao comparador.
Utilize o motor de busca e compare cursos

Estudar em Istambul

O que ver em Istambul

A MESQUITA AZUL

Também conhecida como Sultanahmet Camii, a Mesquita Azul é, sem dúvida, o símbolo de Istambul. Este templo religioso muçulmano destaca-se por seu tamanho e mantém sua essência tradicional. Deve seu nome à quantidade de azulejos que enfeitam seu interior. A entrada ao templo é gratuita. O interior destaca-se por impressionantes luminárias situadas a uma altura baixa e pela cúpula indescritível.


Quando você for visitar a Mesquita Azul deverá ficar descalço ao entrar no templo, conforme estabelece a religião muçulmana. O mesmo acontece com manter os joelhos e os ombros cobertos. As mulheres, além disso, deverão cobrir a cabeça com um lenço e dirigir-se à zona de oração reservada para elas, separada da dos homens.



BASÍLICA SANTA SOFIA

O espectador não tem diante de si nenhum obstáculo visual que o impeça de desfrutar de toda a magnitude da Basílica Santa Sofia. Um interessante sistema de iluminação natural completa o efeito de deslumbramento buscado pelos arquitetos. Destaca-se, neste sentido, a disposição de uma série de 40 janelas no próprio tambor da cúpula, como se tratasse de um anel de luz.


Por outro lado, em toda a construção, o material básico empregado foi o tijolo revestido de mármore nas zonas mais visíveis, como os rodapés. Já as cúpulas e as absides foram cobertas quase totalmente por mosaicos ou afrescos.


Sabe-se que após a conquista da cidade pelos turcos, em 1.452, Santa Sofia foi imediatamente convertida em mesquita, o que exigiu realizar algumas ações urgentes (como a ocultação dos rostos das pinturas e mosaicos). Além disso, com o tempo foram sendo acrescentados alguns outros elementos que desvirtuam de certo modo sua concepção original, como os enormes contrafortes externos ou os diversos minaretes.


Finalmente, nos últimos dezessete anos, o templo (agora islâmico) foi submetido a um amplo processo de restauração, finalizado precisamente por estes dias.



PALÁCIO TOPKAPI

Tendo sido residência dos imperadores do Império Otomano até a construção do Palácio Dolmabahce na costa do Bósforo, o Palácio Topkapi tem uma grande importância para a história dos otomanos e dos turcos.



A CISTERNA BASÍLICA

Estamos diante de uma obra histórica, já que foi construída no ano 527 D.C. pelo imperador Justiniano I. Nasceu da necessidade de fornecer água em caso de cerco à cidade. A Cisterna Basílica abriga, além disso, maravilhosas esculturas da época romana destacando-se especialmente as conhecidas como “cabeças de medusa”, das quais se desconhece a origem. São esculturas que representam o rosto e a cabeça de várias mulheres com o cabelo formado por tranças de serpentes venenosas, com uma forte presença na mitologia greco-romana.


Esta maravilhosa nave subterrânea foi objeto de diversas restaurações que propiciou ela que chegasse intacta até os nossos dias. A primeira restauração foi realizada durante o século XVIII, no qual, sob o reinado do imperador Ahmet, foi modificado o acesso à Cisterna e foram restauradas as principais esculturas. Já durante o século XIX, ocorreu uma segunda restauração onde foram melhoradas as estruturas básicas evitando sua deterioração em virtude da pressão da terra.



TORRE DE GÁLATA

A Torre de Gálata é uma construção de quase 67 metros de altura construída em pleno século XIV. Durante mais de dois séculos funcionou como torre de vigilância e de defesa da muralha que cobria está zona marítima da antiga cidade de Gálata.


A torre, de nove andares de altura, ostentou o título de edifício mais alto da cidade por vários séculos. Para sua construção foram utilizadas técnicas arquitetônicas pioneiras na época.


Funcionou historicamente como ponto de controle da zona onde o Bósforo se une ao Mar de Mármara e do conhecido “Chifre de Ouro”.


De seu nono andar tem-se uma das melhores vistas panorâmicas do Bósforo de toda a cidade. Coberto, equipado e a mais de 51 metros de altura, neste andar poderemos tomar um tradicional e
delicioso chá a um preço muito em conta.



A IGREJA DE CHORA

A Igreja de São Salvador em Chora (Kariye Müzesi) é um dos melhores expoentes da arte bizantina que se podem encontrar no mundo. Foi construída entre 1316 e 1321, seguindo os planos de Teodoro Metoquines. Chora significa “fora da cidade” (a igreja foi construída na parte exterior das muralhas da antiga Bizâncio).


O grande assombro que causa, levando até certo desconcerto, deve-se ao perfeito estado de conservação destas obras. Além de seu conteúdo, uma mistura entre o culto bizantino e palavras das sagradas escrituras. Por isso, é possível ver que nelas estão representados personagens bíblicos como Jesus e sua mãe, a Virgem Maria, e fatos relatados no evangelho como a ressurreição de Cristo e o Juízo Final. Isso sem falar em iconografia do Antigo Testamento.


O horário de visitação é das 9 às 19h de segunda a domingo durante os meses de abril a outubro, e de novembro a março das 9 às 19 horas, menos na quarta-feira que é das 9 às 17 horas.

 

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.