Natal e Ano Novo na Europa: como aproveitar as festas de fim de ano

Comparador de cursos universitários

Ainda não adicionou cursos ao comparador.
Utilize o motor de busca e compare cursos

Especial Viagens pelo Mundo

Conheça aqui os pacotes de férias exclusivos para usuários Universia. Tenha 10% de desconto + parcelamento em 24X

Para quem está acostumado com um Natal tropical e Ano Novo “pé na areia” celebrado na beira da praia, embarcar para a Europa durante as festas do final do ano pode ser uma experiência e tanto. Berço de diversas tradições natalinas, como o próprio Papai Noel, cuja lenda nasceu na Europa Oriental e, segundo o mito, habita a gelada região da Lapônia, na Finlândia, a Europa é um dos destinos mais bacanas para curtir os feriados.

O Contiki, empresa especializada em viagens para jovens de 18 a 35 anos, te ajuda a vivenciar essa experiência. Com dois roteiros, Eastern Quest (11 dias) e European Discovery (13 dias), que abrangem as melhores cidades para curtir o Natal e o Ano Novo, em grupo, casal ou como viajante independente, a empresa oferece toda a estrutura de transporte, hospedagem e passeios imperdíveis.

Se você está pensando em embarcar para o velho continente no fim do ano, veja a seguir bons motivos para passar o Natal e Ano Novo na Europa, sugeridos pelo Contiki:

Mercados de Natal: gastronomia e artesanato

Você já ouviu falar nos famosos mercados de Natal? Essa atração sazonal, que acontece desde a Idade Média, entre os meses de dezembro e janeiro, é como uma feirinha de rua em que são comercializados produtos típicos da época. O cheirinho dos biscoitos de gengibre e bolos natalinos contagiam quem passeia entre as barraquinhas decoradas, que também vendem todo tipo de artesanato de madeira e presentes. As cidades da Alemanha, como Berlim e Munique, têm os mercados de Natal mais tradicionais de toda a Europa. Bélgica e França também oferecem boas opções.

Luzes e decoração

Quem passa o Natal e o Ano Novo na Europa tem a sensação de estar vivendo em uma história de conto de fadas. Caminhar pelas ruas das cidades é um verdadeiro show ao ar livre para os visitantes. A cada esquina é possível ver decorações tradicionais de fim de ano, vitrines com enfeites caprichados, telhados repletos de neve e muitas, muitas luzes. Árvores de natal gigantes também são colocadas em praças centrais, reunindo turistas e locais ao seu redor. Nas praças também costumam acontecer shows com música, luzes, apresentações teatrais e corais.

Neve por todos os lados

Sem dúvida, uma das atrações principais para os brasileiros durante a viagem é a neve. Será impossível conter a empolgação quando os flocos começarem a cair do céu, deixando as ruas branquinhas e a paisagem ainda mais impressionante. Além do visual incrível, a chegada da neve é sinônimo de esportes de inverno. Para quem for visitar os alpes franceses ou suíços, fazer aulas de ski ou snowboard é um passeio obrigatório. Quem preferir uma opção menos radical pode aproveitar os rinques de patinação no gelo, que são montados nas cidades, em praças e próximo a pontos turísticos.

3, 2, 1...Feliz Ano Novo!

Apesar do frio, animação é o que não falta nas festas de Ano Novo da Europa. Na hora da virada, a dica é aproveitar as festas de rua, que são gratuitas e reúnem milhares de pessoas em praças tradicionais ou em frente a pontos turísticos importantes. Em Berlim, próximo ao Portão de Brademburgo, monumento histórico da cidade, acontece uma das queimas de fogos mais incríveis de toda a Europa. Londres também não fica para trás, com o show pirotécnico em frente à London Eye, roda gigante que é um ícone da capital inglesa. Além das comemorações ao ar livre, os viajantes podem aproveitar o Ano Novo em bares, restaurantes e baladas.

Conheça os pacotes exclusivos do Contiki para usuários Universia Brasil:

 

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.