Por que a Nova Zelândia deve ser seu próximo destino de viagem

Comparador de cursos universitários

Ainda não adicionou cursos ao comparador.
Utilize o motor de busca e compare cursos

Especial Viagens pelo Mundo

Conheça aqui os pacotes de férias exclusivos para usuários Universia. Tenha 10% de desconto + parcelamento em 24X

Seja bem-vindo à terra da adrenalina e das belezas naturais! Na Nova Zelândia você vai ficar o tempo inteiro sem fôlego, seja por conta dos esportes radicais ou de algumas das paisagens mais incríveis do planeta. Na terra dos Kiwis, nome do pássaro-símbolo do país e da forma como os neozelandeses gostam de ser chamados, não há tempo para ficar de bobeira. Aqui o viajante se joga de cabeça na experiência (e também dos bungee jumps!) e vivencia a aventura 24 horas por dia.

Para chegar aos pontos mais incríveis das duas principais regiões da Nova Zelândia, a Ilha Norte e a Ilha Sul, ônibus de turismo é a melhor alternativa. Além disso, sem um guia especializado será difícil conhecer os lugares mais distantes do grande centro e que oferecem uma experiência incrível, como é o caso de Milford Sound, uma espécie de golfo próximo ao mar, formado pelo degelo das montanhas. O visual é de cair o queixo, acredite!

Pensando nisso, contar com uma estrutura completa de transporte e guias é essencial para uma experiência perfeita e sem arrependimentos. O Contiki, empresa especializada em viagens para jovens de 18 a 35 anos, conta com tudo isso e muito mais no pacote de viagem The Big Tiki, que promove uma verdadeira aventura de 20 dias pelo país.

A seguir, conheça alguns dos passeios imperdíveis na Nova Zelândia, todos inclusos no The Big Tiki:

Ilha Norte

A aventura começa pela Ilha Norte, com desembarque em Auckland, maior cidade da Nova Zelândia. O lugar é a mistura perfeita entre o espírito cosmopolita de uma grande metrópole e a natureza, já que Auckland é cercada por vulcões e ilhas. Um dos passeios mais bacanas é o Parry Kauri Park, onde é possível caminhar em trilhas pela floresta e ver a vegetação nativa da ilha.

Em seguida, será a vez de conhecer Paihia, um pequeno vilarejo litorâneo, situado na Baía das Ilhas, onde é possível visitar uma reserva marítima e aprender sobre a história do país, graças aos resquícios arquitetônicos do período colonial. Na sequência, os visitantes passarão por Waiatomo, região que produz os principais craques do ruby neozelandês e que é famosa por suas cavernas repletas de glowworms, pequenas larvas que “brilham” no escuro.

Em Rototura, os viajantes terão a chance de conhecer a fundo a cultura Maori e participar de uma apresentação artística típica dos aborígines neozelandeses. A cidade também conta com um parque geotérmico, onde é possível ver de perto diversas formações vulcânicas, gêiseres, lagos coloridos e também aproveitar as águas termais. Depois de deixar Rototura, o tour faz uma paradinha em Lake Tuapo, para que os aventureiros possam conferir a surpreendente cachoeira Huka.

A última parada da viagem pela Ilha Norte é a cidade de Wellington, capital da Nova Zelândia. Esse é um bom momento para relaxar, andar pela cidade e fazer uma visita ao Museu da Tatuagem, onde estão expostos materiais com técnicas milenares dessa arte. Se você quiser adotar um visual Maori, também é possível fazer uma tattoo temporária no rosto, igual aos nativos Kiwi. Tem coragem?

Ilha Sul

Ao chegar na Ilha Sul, prepare-se para uma mudança radical no visual. Aqui os visitantes vão se deparar com a parte mais selvagem da Nova Zelândia, onde estão lugares belíssimos e inabitáveis, praticamente intocados pelo homem.

A primeira parada será em Christchurch, cidade com imensa influência da colonização inglesa. O passeio de barco pelo Marlborough Sounds é imperdível, já que o visual da floresta que o cercar é de encher os olhos e rende selfies maravilhosas. Outro passeio incrível é visitar o vilarejo de Kaikoura, onde o viajante entra em contato com a vida marinha e tem a chance de ver de perto baleias e golfinhos em seu habitat natural.

Agora, chegou a vez de provar que você é um explorador de verdade. Vista a roupa de neve, coloque botas de caminhada e se prepare para experimentar uma verdadeira aventura na neve. É a hora de visitar a geleira Franz Joseph e descobrir esse lugar único, com ajuda dos guias locais do Contiki. Para os que preferem uma diversão com menos adrenalina, há a opção de observar os pássaros da região ou fazer um passeio panorâmico de helicóptero.

Para fechar a viagem pela Nova Zelândia, chegou a hora de conhecer as belezas de Queenstown, que oferece a combinação perfeita entre passeios na natureza e as melhores baladas do país. No segundo dia na cidade, o grupo fará uma excursão até o inigualável Milford Sounds, golfo que foi eleito um patrimônio cultural da humanidade pela UNESCO. Esse pequeno pedaço do paraíso oferece uma das mais belas paisagens do país.

Para fechar a trip em grande estilo, que tal ficar de cabeça para baixo e pernas para o alto? Em Queenstown os mais corajosos poderão utilizar seu tempo livre para saltar do bungee jump The Ledge. O salto é feito durante o dia ou à noite, de uma altura de aproximadamente 400 metros. Vai encarar?

 

Conheça os pacotes exclusivos do Contiki para usuários Universia Brasil:

 

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.