Comparador de cursos universitários

Ainda não adicionou cursos ao comparador.
Utilize o motor de busca e compare cursos

Feriados

A Coreia do Sul é regida pelos calendários solar e lunar, como muitos países asiáticos, e comemora as festas com base neles. Eles chegam, inclusive, a festejar acontecimentos duas vezes, uma com base no calendário lunar e a outra no solar, como, por exemplo, os nascimentos.

Nos dias de feriado nacional bancos e agências ficam fechados, mas, por outro lado, todo o setor comercial e de lazer e serviços permanece aberto (centros comerciais, museus, palácios, restaurantes...)

Feriados do calendário lunar

Os principais feriados são o Seol-nal e o Chuesok. São festividades tradicionais de muita importância para os coreanos, pois estão relacionadas com rituais antigos e são sinônimo de viagens para a Coreia rural.

  • Seol-nal é uma festa do calendário lunar que se celebra em meados de fevereiro e festeja o ano novo lunar. É ainda mais importante do que o ano novo. Os coreanos viajam aos povoados para visitar seus familiares. Vestem-se com suas melhores roupas e demonstram respeito por seus idosos através de uma reverência formal chamada Sebae. Costumam ser degustados pratos típicos como o Tteokgugk e o Manduguk, e, entre outras atividades, joga-se o yut (jogo tradicional praticado em família com paus que funcionam como dados) e empinam-se as tradicionais pipas.
  • Seokka Tanshin-il. É no dia do nascimento de Buda e costuma ser celebrado no oitavo dia do quarto mês lunar (maio). Os budistas ornamentam-se com temas chamativos e luminárias coloridas. São realizados rituais solenes em todos os templos do país.
  • Chuesok é o festival da colheita e é sinal de agradecimento à terra. Comemora-se no dia 15 do oitavo mês lunar (costuma coincidir com os meses de setembro-outubro). É uma festa similar à de Ação de Graças dos norte-americanos. O dia anterior e o dia posterior são também feriados, com o qual são três dias festivos. Na montanha Maisan Ganghwado, realiza-se uma cerimônia ritualística. Costuma tratar-se de uma celebração para visitar os familiares a fim de reverenciá-los. São feitos jogos ancestrais e troca de presentes.

Feriados do calendário solar e outras festas nacionais

  • Ano novo. 1º e 2 de janeiro são feriados e não se trabalha.
  • Dia da independência, 1º de março. Em 1º de março de 1919 a Coreia do Sul libertou-se da colonização japonesa e proclamou sua independência. Em Seul, no parque Tagpol, realiza-se uma leitura da declaração da independência. Ela é feita neste lugar porque foi onde ela foi lida pela primeira vez.
  • Dia das crianças, 5 de maio. É um feriado para as crianças e é festejado levando-as a parques, zoológicos e atrações. É um dia familiar, em que as crianças são o centro das atenções.
  • Comemoração dos mortos pela pátria. É festejado no dia 6 de junho para honrar os soldados e civis que morreram pela pátria. No cemitério de Seul realiza-se uma cerimônia comemorativa.
  • Dia da Constituição, 17 de julho. A Constituição da República da Coreia do Sul foi proclamada em 17 de julho de 1948.
  • Dia da libertação, 15 de agosto. Comemora-se a libertação da Coreia do Sulpelos aliados durante a II Guerra Mundial. No dia 15 de agosto de 1945 foi finalizado o período de 35 anos de colonização japonesa. Três anos depois, nessa mesma data, foi proclamada a República da Coreia.
  • Dia da Fundação da Coreia (3 de outubro). O rei divino Dangun fundou a Coreia em 2333 a.C. Comemora-se com uma cerimônia na montanha Maisan Ganghwado. A lenda diz que o altar foi erguido por Hwan-ung como ato de agradecimento a seu pai e seu avô que jazem no céu.
  • Natal (25 de dezembro).

Os dias 1º de maio, dia do trabalhador, e 8 de maio, dia dos pais, não são feriados nacionais, mas os bancos e os comércios fecham.

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.